cucuz a nossa moda ou um toque pernambucano

o cuscuz é um prato multiuso por aqui, você pode comer de café da manhã, no almoço e no jantar. Na verdade em qualquer restaurante ou padaria de Recife você encontra desde a versão pura, como também a versão doce com bastante leite de coco.

quando finalmente aprendi a fazero esse tal de cuscuz, tão diferente do da minha terra, tratei de mandar logo  uma cuscuzeira e os flocos de milho para minha mamis lá no Rio, só que ela me falou q isso vende por lá tbm, o que me deixou mais feliz, pq mesmo se um dia eu voltar para minha terra natal, não vou deixar de comer! para quem não conhece o q é uma cuscuzeira dá uma olhada aqui e a farinha é tipo essa aqui!

quem gosta de milho vai adorar cuscuz, que aqui em casa ganha alguns ingredientes extras para deixar meu maridinho muito feliz (esposa boazinhaaa). sem contar que é mega prático de preparar e fica perfeitamente delicioso se você colocar só uma manteiguinha…

para começar você deve hidratar os flocos de milho, o que geralmente se faz inserindo 1/2 medida de água para 1 medida de farinha e deixando descansar por 10 min. depois disso você deve levar para a cuscuzeira e deixar cozinhar em fogo baixo por 10 min. depois desse tempo, você deixa descansar por mais 3 min e tá pronto. uma dica que aprendi fazendo é não socar a farinha na panela, pq senão ele não fica soltinho…

enquanto o cuscuz cozinhava, fritei linguiça calabresa fininha cortada em 4 partes com bastante cebola. em outra panela fiz ovos mexidos. e quando o cuscuz ficou pronto misturei tudo, colocando um pouco de margarina para deixar bem molhadinho… para finalizar cebolinhas picadas!

para 2 pessoas usei 1 xícara de farinha de milho, 1 cebola média, 2 linguiças calabresa, 3 ovos e 1 colher bem cheia de manteiga.

só de olhar a foto, já fiquei com fome…

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 Comments
  • Sillmelo Akita
    dezembro 3, 2010

    Êeeee, saudade!!!
    Atiçou as lombrigas dorminhocas…
    Nhan Nhan.

    • cami
      dezembro 4, 2010

      Sill,
      é bom demais né nâo??
      Eugênia,
      sem os verdinhos né? rs…

  • Maria Eugênia
    dezembro 4, 2010

    Eitaaa!! Bem que eu queria agora antes de viajar! :) #lindasfotos

    Abraço!!
    Bom Final de semana!

  • Vanessa Fontes
    dezembro 5, 2010

    Adorei a receita… deu uma vontade…
    Estou pensando em repetir sua receita do muffin de nutella.

  • Sillmelo Akita
    dezembro 6, 2010

    Se é bom? hummm.
    Aqui em casa só eu como, e por isso só faço o básico do básico. Meu marido é japa e quando ele experimentou fez uma cara azeda horrorosa.Mas como sou filha de Pernambucanos, minha infancia toda mesmo sendo aqui em SP era regada a cuzcuz.
    Aprendi a comer outros tipos de cuzcuz quando fui morar em Recife, e hoje não dispenso um com carne de panela, ou carne seca acebolada. Hummmm
    Adoro!!

    • cami
      dezembro 9, 2010

      Sil,
      Com um molhinho fica bom mesmo… deu até fome!
      Vanessa,
      ó já teve uma menina q fez o muffin e deu certo :-D

  • Cah
    dezembro 7, 2010

    Muito bom! Ontem eu e minha mãe fizemos igual a esse. Só que cortamos a linguiça em fatias beeem fininhas e minha mae errou o ponto do ovo mexido então acabou sendo ovo frito em pedacinhos mas ficou delicia também. Tenho 15 anos e AMO o blog. Continuem assim. =D

    • cami
      dezembro 9, 2010

      Cah,
      Q bomm… mas esse cuzcuz vc pode colocar o que quiser para acompanhar, o bacana é isso, usar a imaginação… eu na sua idade fazia a mesma coisa, rs.

  • E quem não tem cuzcuzeira, dá pra improvisar de alguma outra forma???

    Beijos, Carla Mariano

    • cami
      junho 27, 2012

      carla,
      dá sim… dá para colocar no prato, embrulhar o mesmo com um pano e colocar de cabeça pra baixo numa panela com um pouquinho de água para cozinhar no vapor, mas posso te dizer? tem cuscuzeiras super baratinhas na internet e as vezes no mercado e ainda serve para esquentar comida e cozinhar legumes no vapor ;-)

  • lidia lindoso
    julho 8, 2013

    Hum fiquei com água na boca.

Anterior
Lasanha de abobrinha
cucuz a nossa moda ou um toque pernambucano

Sair da versão mobile