fbpx

O que são alimentos orgânicos?

Porque é tão importante priorizar os alimentos orgânicos

Você sabe o que são alimentos orgânicos? Entende o porquê de priorizar os mesmos na alimentação do dia a dia? Então vem comigo que eu vou te explicar.

A diferença dos alimentos orgânicos

Um alimento pode ser caracterizado como orgânico se foi desenvolvido livre da contaminação por substâncias químicas, dessa maneira teve a capacidade de crescer e se desenvolver em toda sua potência como alimento. E sabe o que isso significa na prática?

Significa que esse alimento venceu obstáculos como alterações climáticas, possíveis necessidades de ajustes da qualidade do solo e teve que lidar com algum inseto que poderia ser considerado uma praga. E para isso o alimento usa de todo seu potencial enquanto ser vivo. E toda essa força utilizada para o crescimento e desenvolvimento do alimento, fica nele e consequentemente nós consumiremos.

O alimento orgânico se desenvolve bem, de forma saudável e completa durante o período mais propício ao seu desenvolvimento, ou seja na sua safra. Dessa forma, é bem importante ficar de olho na safra de cada mês e priorizar os alimentos da lista. Todos os meses postamos os alimentos da safra, clique aqui para conferir.

Todos esses fatores fazem com que os compostos bioativos presentes no alimento estejam mais abundantes e disponíveis para o nosso consumo e benefício.

O que são alimentos orgânicos?

O perigo dos alimentos não orgânicos

Por outro lado, o alimento que é cultivado com uso de fertilizantes, pesticidas e herbicidas acaba sendo altamente contaminado pelas substâncias químicas presentes nesses produtos. Um exemplo bem comum é o glifosato, herbicida amplamente utilizado desde 1974 para erradicação de ervas daninhas que “atrapalhavam” o desenvolvimento dos alimentos cultivados, principalmente em monocultura.

O problema é que a utilização frequente e exagerada desse herbicida fez com que essas ervas daninhas se tornassem resistentes. Desta maneira, o uso do mesmo foi se fazendo mais frequente e em concentrações mais elevadas.

O seu uso excessivo traz consequências ambientais graves já que se propaga pelo vento e solo e consequentemente a contaminação das águas superficiais e subterrâneas. Além disso,  estudos apontam que o glifosato exerce também efeitos biológicos. Isso acontece por meio de diversos mecanismos de ação que incluem o aumento do estresse oxidativo e da inflamação, afeta negativamente o sistema imunológico e causa disfunção de receptores hormonais. Dessa forma, mesmo que nosso metabolismo hormonal esteja ainda acontecendo de forma correta, eles deixam de agir contra essa substância devido a falta de reconhecimento dos mesmos pelas células correspondentes.

Além disso, outras respostas biológicas associadas ao desenvolvimento de células cancerígenas também acontecem.

Aqui eu só falei de um herbicida, infelizmente existem dezenas de substâncias que são adicionadas as plantações e que trazem diversos malefícios para a nossa saúde.

Alguns mitos sobre alimentos orgânicos

De fato foram criados alguns mitos sobre os alimentos orgânicos ao longo dos anos e eu achei legal quebrar algumas pré concepções sobre esse tema:

  1. Os alimentos orgânicos são muito mais caros. É provável que você encontre alguns alimentos mais caros sim, até porque, lembre que o cuidado no plantio precisa ser maior. Mas quando falamos de alimentos da safra e que são fabricados levando em conta o clima da região que você mora, os valores acabam sendo mais próximos;
  2. São mais feios e menores. É provável que você precise olhar por outro ângulo: o que se faz para deixar os vegetais tão bonitos e sem imperfeições. De qualquer forma, é sim muito possível encontrar vegetais lindos e de tamanhos bastante generosos viu? Principalmente se estiver na safra;
  3. Não precisam ser lavados. De fato os alimentos com agrotóxicos precisam de uma atenção extra para minimizar a concentração química dos agentes nocivos. Mas é importantíssimo limpar bem seus alimentos orgânicos, principalmente os que serão consumidos crus.

O que são alimentos orgânicos?g

Como fazer para incluir alimentos orgânicos no seu dia a dia

Mesmo que nem sempre seja possível consumirmos todos os alimentos cultivados sem o uso dessas substâncias, buscar algumas opções para equilibrar esse consumo se faz bem importante, como por exemplo:

  • Priorizar a versão orgânica dos alimentos mais consumidos por você e pela sua família já é um começo, assim como consumir a versão orgânica dos alimentos mais contaminados por agrotóxicos como morango, pimentão e tomate;
  • Você pode fazer uma mini horta em casa, mesmo que more em apartamento. Utilizando vasos e jardineiras é possível plantar temperos frescos, tomatinhos, couve, alface;
  • Conhecer os produtores locais da sua cidade e cidades próximas, saber se produzem orgânicos também é uma forma de incluir alguns alimentos sem agrotóxicos, ajudando a sustentar o trabalho dessas pessoas também. Nesse site você pode conferir a lista das principais feiras orgânicas espalhadas pelo país: https://feirasorganicas.org.br/comidadeverdade
  • No caso dos alimentos industrializados, busque por aqueles que possuem o selo de alimento orgânico.

Confira todos os meus posts no naminhapanela, clicando aqui!


Quer saber mais sobre comida de verdade?

Já conhece nosso projeto sobre comida saudável e nutritiva? Nos canais do Quero Comida de Verdade você encontra conteúdo exclusivo pensado para te ajudar no dia a dia.
Você pode fazer parte através dos canais:

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 6 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário para essa receita. Seja o primeiro :)

Anterior
Pão de iogurte
O que são alimentos orgânicos?