Pesto verde

Sem dúvida, o molho pesto é uma daquelas receitas clássicas que servem de coringa para diversos preparos. Com ele você pode fazer massas, carnes, saladas e até mesmo sanduíches deliciosos.

pesto de espinafre
Yield: 6 porções

Molho pesto verde

Prep Time: 5 minutes
Total Time: 5 minutes

Aprenda como fazer molho pesto com manjericão com uma receita super fácil e deliciosa.

Ingredients

  • 2 xícaras de manjericão;
  • 4 xícaras de queijo parmesão;
  • 1/2 xícara de azeite;
  • 2 xícara de castanha, nozes ou pinholes;
  • 1 dente de alho;
  • 1/4 xícara de suco de limão;
  • Sal e pimenta a gosto.

Instructions

    1. Comece misturando o manjericão, o azeite, as oleaginosas e o queijo no liquidificador. Com a função pulsar, bata essa mistura até formar um creme;
    2. Por último, acerte o sal e adicione a pimenta do reino a gosto;
    3. Guarde em um pote hermeticamente fechado.

Pesto verde de manjericão

O pesto verde é um molho que, geralmente, tem como base, manjericão, azeite, uma oleaginosa e queijo. Esses são, sem dúvida, os ingredientes mais utilizados para fazer essa receita tipicamente italiana.

Originalmente, esse molho é feito de forma bastante rústica, amassando todos os ingredientes em um pilão até que formar uma pasta mais cremosa. Mas aqui, vamos te ensinar a versão de liquidificador para facilitar no preparo.

O que fazer para o molho pesto verde não amargar?

Essa é uma receita bastante fácil, porém, há 2 problemas que geralmente fazem com que muitas pessoas desistam de fazer esse molho após a primeira tentativa. Isso porque o molho pode ficar um pouco amargo, ao mesmo tempo que pode acabar escurecendo demais (um sinal de oxidação).

Para evitar que isso aconteça, confira nossas dicas para fazer o pesto perfeito:

  1. Use manjericão bem fresco: Selecione as folhas mais frescas e verdes e as que estejam murchas ou amareladas;
  2. Utilize somente as folhas do manjericão: Possivelmente essa dica pode parecer um pouco óbvia demais, mas é importante saber que você não deve usar as flores e nem mesmo o caule da sua erva;
  3. Escolha um bom azeite: Como falei, esse é um ingrediente importante nesse preparo e por isso, é utilizado em grande quantidade. Ou seja, quanto melhor o azeite, melhor será o resultado;
  4. Cuidado com a quantidade de alho: O excesso de alho pode acabar trazendo um toque de amargor para o seu pesto;
  5. Adicione sal no final: O sal pode acabar oxidando seu manjericão enquanto o mesmo é processado. Por isso, deixe para adicionar ele por último;
  6. Evite processar seu molho por muito tempo: Como falei anteriormente, originalmente, esse molho é feito em um pilão. Ou seja, o modo de preparo é um pouco mais gentil do que a lâmina de um liquidificador em alta velocidade. Por isso, minha dica é só processar, principalmente o manjericão tempo suficiente para que as folhas sejam quebradas.

Variando os sabores do seu molho pesto

A versão com manjericão é a mais clássica de todas, e a receita que vou te ensinar por aqui. Mas na verdade, é possível fazer pesto verde com diversas ervas e folhas. Por exemplo, usar a rúcula como base para o pesto é garantia de um resultado incrível. Da mesma forma, que as folhas do ramo da cenoura, também são uma ótima opção.

A receita original usa o pinhole, que infelizmente é um ingrediente difícil de encontrar no Brasil. Porém, seu molho vai ficar igualmente gostoso usando amendoim, nozes ou até mesmo amêndoas.

Como armazenar seu molho

Consumir seu molho pesto bem fresquinho é forma que eu mais indico. Isso porque, assim que fica pronto, ele estará aromático e delicioso.

Infelizmente, é normal, que ao processar a folha, você inicie o processo de oxidação da mesma. Por isso, minha indicação é sempre consumir no menor tempo possível para manter o sabor delicioso.

É um molho que segura bem até 3 dias na geladeira. Como o azeite pode endurecer um pouco quando resfriado, a super dica é deixar o molho em temperatura ambientes por alguns minutos antes de consumir.

É essencial escolher um pote com fechamento hermético viu? Já que dessa maneira, você evitará que entre oxigênio diminuindo o processo de oxidação que mencionei.

Onde usar meu molho

By Rafael

O Rafa fica por trás da câmera, buscando sempre as melhores fotos! Além disso, é ele que coloca a mão na massa para fazer todos os pães que você encontra por aqui.

2 comments on “Pesto verde”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *