Categorias
Bolos Pães Receitas saudáveis

pão/bolo de banana com granola

as bananas estavam quase passando e nessas horas eu fico em busca de uma solução para não estragar a minha fruta preferida. tudo isso, porque sou fresca e gosto da fruta quase verde, rs… para minha surpresa, aquelas frutas maduras as extremo renderam esta receita MA-RA-VI-LHO-SA que será repetida muitas e muitas vezes!

começando pela aparência linda e dourada, passando pelo aroma que invade a casa eu gostei de tudo nesse bolo/pão. e porque essa crise existencial? não leva nada de fermento, fiz no formato de pão, ao mesmo tempo que ficou com a textura fofinha e úmida de bolo… enfim, bora chamar do jeito que a gente quiser, mas comer essa delícia!

eu fiz na batedeira, mas acho que ele pode ser feito no liquidificador também (é que o meu quebrou enquanto o rafa fazia açaí, rs).

comece misturando 1 xíc. de açúcar (mascavo ou demerara) com 2 ovos até formar um creme fofo. adicione então 1/2 xíc. de óleo, 4 bananas bem maduras, amassadas, 2 colheres de sopa de iogurte natural e 1 colher de chá extrato/essência de baunilha. quando estiver bem misturado é hora de adicionar os ingredientes secos: 1 xíc. de farinha de trigo normal e 2/3 de xíc. de farinha de trigo integral (você pode usar somente a farinha branca ou só integral), 1 colher de chá de bicarbonato, 1/2 colher de chá de sal e 1 colher de chá de canela em pó. despeje a massa em uma assadeira (de preferência a de bolo inglês), untada levemente com manteiga. por cima, salpique bastante granola e leve ao forno em temperatura média, por aproximadamente 40 min à 1h.

preciso dizer que essa delícia ficou fofinha e molhadinha por mais de 2 dias e que ficou tão, mas tão gostoso que com certeza vai virar destino certo das bananas lá de casa!

Por Cami

A cami cuida de toda a curadoria de conteúdo, concepção de receitas, estratégia digital e do food styling do naminhapanela. E tem sempre uma receita de família para testar e trazer por aqui.

Ver arquivo

61 respostas em “pão/bolo de banana com granola”

Eu entrei no Vigilantes do Peso semana passada mas insisto em ficar vendo estas maravilhas e ficar com água na boca e depois me contentar com uma maça rsss…
Parabéns pela receita que está com uma cara maravilhosa e com certeza vai servir para quando receber uma visita em casa e aí eu “provo” só um pedacinho rss…

Amo bananas…mas como moro na Espanha,aki existe o platano canario(banana)mas n e tao gostosa como a nossa.Mas sempre que posso passo pela Boqueria e compro banana do Brasil e faço cuca,doce de banana com suspiro,e encanto meus amigos espanhois rsrsrsrs.Maravilhoso este site.Parabens.

Oi,
Ví no tweet no meio da tarde e fiquei lendo a receita e lembrando que tinhas umas bananas quase passando da bola aqui em ksa (e coincidentemente tb todos os ingredientes, coisa quase impossível de acontecer comigo). Fiquei contando as horas para voltar p casa e fazer! Está no forno nesse exato momento e o cheiro é MARAVILHOSO!!!!!!! Fiz no liquidificador e usei óleo de coco… Super obrigada!
Bjos

Puxa vida ótima dica, diferente de vc não sou fã da fruta, mas por mais engraçado que pareça gosto dos derivados pastel, bombom e agora desse bolo cheiroso e gostoso! Parabéns!

Nossa !!!! Estou aqui rindo sozinha. Quando vc escreveu “…tudo isso, porque sou fresca e gosto da fruta quase verde…” parecia eu falando. Sou igual a vc. Banana para mim, só quando acabou de sair da cor verde (e ainda tem um pouco daquela cica dentro). Adorei a receita e vou fazer para o meu futuro marido quando casarmos no ano que vem. Ou seja, daqui a 4 meses!!!!

Olá, tudo bom?

Fiz esse bolo/pão hoje à tarde, mas parece que virou um pudim :D

Usei açúcar cristal orgânico, substitui o iogurte natural pela coalhada caseira, substitui os ovos pela linhaça (uma colher de sopa de farinha de linhaça marrom e três colheres de sopa de água para cada ovo), e – eis que surge o motivo do PUDIM – adicionei duas bananas a mais por pensar que as bananas nanicas direto da horta da minha avó fossem pequenas… Minha mãe e eu pensamos que não fosse interferir taaanto, mas o bolo/pão ficou até com cor de chocholate. Mas TODO MUNDO amou o sabor!

Enfim, pudim ou não, a receita valeu a pena. Vou testá-la uma outra vez e te digo o resultado.

Ahh, bati no liquidificador e achei que a massa ficou muito pesada pra ser batida nele. Dá próxima, usarei a batedeira mesmo.

Obrigada pelas receitas; adoro seu blog!
Parabéns =D

amore quantas adaptações saudáveis, rs… testa tbm só com farinha integral e aumenta o iogurte para 170g, vc vai ver que fica como pão mesmo!!!!
mas o q importa é ter ficado gostoso :-D

Olá! Adorei a receita! Imagino que deve ficar ótimo também adicionando passas e castanhas na massa (pra quem gosta…). Parabéns pelo site! Mesmo sendo vegetariana, sempre encontro receitas saudáveis e sem carne! heheeh Abçs!

q bacana escutar isso Letícia… para a gente que não é vegetariano, nem sempre é fácil ir adaptando…
essa receita com certeza vai fazer sucesso por aí :-)

Eu fiz hoje em casa e ficou muito gostoso. Substitui a farinha integral por aveia e ficou ótimo também! Adoro o blog, impecavel nas imagens e nas receitas. A cozinha pra mim é um peso, mas com as receitinhas e apresentações fofas aqui apresentadas eu me sinto bem mais motivada nos afazeres do lar!

Bjs!

Minha filha me passou o site …. e fui fuçando…rs…achei esse pão/bolo e adoro pão integral…e adoro banana….granola…fiz só c farinha integral e por cima coloquei gergelim torrado e castanha de caju moída…tá no forno….vamos ver como vai ficar….Parabéns pelo blog e as receitas….ameiiiiii….Bjs.

Cami,sou apaixonada pelo seu blog,venho aqui umas 200 vezes por dia,as vezes arrisco uma receita,as vezes fico com medo de por fogo na cozinha,mas o fato é q tb amo cozinhar.Fiz esse bolo pra minha filha q é apaixonada por bolo de banana.Ficou muito booooooom!!!Sou estilo natureba,mas cozinho coisas bem gordinhas pro meu marido,tô pensando em fazer um blog pra dividir as receitas inventadas,copiadas e as que são do tempo da vovó,com certeza vc é referencia pra mim.Obrigada por dividir seus momentos especiais com agente e conseguir passar essa simpatia contagiante.Eu sou sua fãn!beijo.

Oii!! Adorei a receita e quero fazer!!! Antes só quero te perguntar o tamanho mais ou menos da forma que vc usou?!
Beijos e obrigada! Eu adoro o seu blog!!

Meu pai! Haja saliva! rs Eu tinha uma receita de torta de banana bem madura que perdi nas minhas andancas, hoje eu estava lamentando a perda (novamente) enquanto olhava as bananas madurissimas …. ai lembrei do seu blog, que conheci recentemente e corri pra cá! Menina! To pasma! Hoje nao vai dar tempo, mas amanha tem q sair!!! Parabens, mil vezes, suas receitas sao fantasticas, ADORO seu blog! Fiz o bolo maluco de chocolate sem fermento e sem farinha e fiz tbm a kafta…. muuuuuito bons! Muito Obrigada. Saude e amor pra vc e sua familia! Deus abencoe e inspire sempre! ;)

Cami, adoro todas as suas receitas =) me tira só uma dúvida? Se eu for usar somente a farinha integral, qual será a quantidade da mesma? Seria a mesma medida (1 xícara e 2/3) ou não? Estou louca pra fazer essa receita mas essa é a minha única dúvida…
Ah!já fiz muitas das suas receitas e todos que provaram adoraram!!!

Nossa, já fiz umas quinze receitas desse pão em duas semanas! E estou até vendendo no trabalho! Numa delas dupliquei a receita e ao invés de 8, coloquei 5 bananas e um punhado de mirtilos. Estou apaixonada! Obrigada!!!!!!!!!!!!!

Fiz ESSA RECEITA MARAVILHOSA de Bolo de Banana ficou espetacular Parabéns
Substitui o Iorgut porque eu não tinha por creme de leite ficou deliciosa!

Que receita maravilhosa!!!! Como queria sem gluten substituí a medida de farinha por 1 xícara de farinha de arroz e 1/3 de amido. Não tinha iogurte então coloquei creme de leite. Se não me engano foi o primeiro pão/bolo sem glúten com essa textura e um gosto tão bom que tive q levantar da mesa antes de comer tudinho. kkkk Obrigada por postar!!!! <3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.