fbpx

Quero Comida de Verdade

Já ouvir falar em Mindful Eating?

Em tempos de muita correria e olhos vidrados nos celulares e tablets, falar de Mindful Eating se torna essencial e indispensável. Esse tema ainda novo por aqui é de extrema importância para quem busca viver de uma forma mais saudável nos tempos atuais.

Mindful Eating e o mundo moderno

Cada vez mais observamos pessoas realizando suas refeições enquanto andam pelas ruas ou deslizam o dedo na tela de olho nas redes sociais. Muitas vezes essa refeição é baseada em lanches práticos, justamente para ser realizada de forma rápida pra que sobre mais tempo pra outras atividades.

E nesse caso a grande questão não é o lanche em si, mas como ele é realizado. Um lanche pode ser apreciado e bem degustado, e isso vai fazer dessa refeição mais saudável, se você pensar pelo lado do comer consciente e em conexão com seu corpo.

Aí tenho certeza que vou ouvir de algumas pessoas: “Ah então ta tranquilo eu comer fast food se for de forma consciente, respirando pausadamente, sentindo as texturas e o sabor a cada mordida?!” e eu respondo: “Sim, por que não?!” Qual o problema em comer fast food de vez em quando?!



 Autoconhecimento e consciência plena no alimento

Qualquer pessoa que se encontre nessa posição de autoconhecimento e consciência alimentar, sentirá exatamente os efeitos desse lanche em seu corpo, e poderá escolher o melhor pra si, sem julgamentos. Ela pode escolher espaçar mais essas ocasiões, pode procurar versões melhores para esse lanche, pode continuar comendo o mesmo lanche e vai comer com prazer, sem culpa nenhuma, somente quando achar necessário… enfim, tudo isso é um pouco da prática do Mindful eating.

O que é Mindful Eating?

Mindful eating consiste em ter autonomia para escolher qualquer alimento, autocuidado, bondade consigo próprio, sem julgamentos em torno das escolhas alimentares, poder escolher e ser flexível antes, durante e após a escolha alimentar e ainda uma grande oportunidade de se conectar com a consciência do momento presente: pausar, verificar, avaliar.

Esse estado de consciência vai além do “se alimentar”, ele promove aceitação corporal, nos faz reconhecer a diversidade natural dos corpos e a celebrar isso, fazendo com que nos
sintamos merecedores de autocuidado compassivo. Portanto, vale esclarecer algumas
dúvidas e conceitos equivocados sobre mindful eating:

  • Esqueça a palavra dieta! O mindful eating não se encaixa nesse conceito, muito menos é uma ferramenta para controlar nossos corpos
  • Não promove jeito “certo ou errado” de comer, alimento “bom ou ruim”
  • Não defende tipo de alimento ou padrão alimentar (baixo carboidrato ou gordura, alta proteína, vegano, vegetariano, cetogênico, orgânico.

Referências: Nutrição Comportamental mindfuleatingbrasil.com.br

Confira outros posts da nutri aqui!

Joice Amaro – especializada em nutrição funcional
para mais dicas siga no instagram: @joiceamaro_

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nenhum comentário para essa receita. Seja o primeiro :)

Anterior
Brigadeiro de chocolate branco
Mindful Eating