Pizza na torrada

por 0 0

Tem dias que a vida parece que vira de cabeça pra baixo e parece que são justamente nesses dias que você mais precisa chegar em casa e comer uma coisinha gostosinha.

Mas e a preguiça de ir para cozinha e elaborar uma super refeição? E num desses dias cheguei em casa e tinha um pacotinho da Vitarella me esperando! Dentro tinham os mais novos produtos da marca, a linha de torradas (dá só uma olhada nos sabores) e aí veio a ideia: vou transformar essas delicinhas no meu jantar.

Bem, pra fazer bem a alma, tem que ter queijo e ser crocante, rs… E voilá, pizza de torrada saindo!

IMG_8014

IMG_8019

Para deixar perfeito, só tenha o trabalho de fazer um molhinho mega prático: então, refogue 2 dentes de alho em um fio de azeite, junte 2 tomates bem maduros cortados em cubinhos pequenos, sal à gosto e deixe eles desmancharem. quando os tomates formarem um purê tá pronto! Aí é só montar com o que a sua criatividade mandar (e com o que tiver na geladeira).

Sabe o que é ótimo? Fica perfeito também para servir para aqueles amigos que chegaram de surpresa <3

artigo-patrocinado-300x54

pipoca caramelada com chocolate

eu sou viciada em pipoca! muito! troco refeições por ela, já tive pipoqueira elétrica e fiquei feliz quando o rafa apareceu uma panela toda legalzinha para eu fazer minhas pipocas.

mas quem eu vou enganar? o “fazedor” das melhores pipocas do planeta é o rafa! e dia desses para me mimar, ele informou que ia fazer uma doce dessas perfeitas. ah esqueci de dizer que se eu gosto de pipoca, ela na versão doce é um verdadeiro vício! e ele fez a mais perfeita de todas, e dia desses ganhou o posto de melhor marido do universo <3

pipoca caramelada

e na hora de fazer ele me chamou para anotar todas as dicas e a principal é: parece que vai dar errado, mas dá mais do que certo!

dê preferência a fazer numa pipoqueira! aí é colocar a mesma medida de milho de pipoca, açúcar mascavo, óleo, água e metade da medida de achocolatado. e sim, tem que ser um chocolate em pó mais adocicado porque senão fica travando, meio amargo. a dica é seguir as proporções, mas a quantidade vai de acordo com o tamanho da sua panela. aqui em casa, usamos a medida de 1/3 de xícara e dá pipoca para um filme inteiro :-)

ahh, e os truques na hora de fazer? primeiro, deixe essa mistura ferver bem em fogo alto e sem a tampa da panela. quando estourarem as primeiras pipoquinhas, tampe e mexa o tempo todo até o tempo entre uma estourada e outro ser de mais de 3 segundos.

dica 2 do rafa: quando ela sair do fogo, deixe esfriar um pouquinho, porque ela sai molenga e grudadinha. mas 2 minutinhos depois ela está mega crocante e você consegue soltá-las com super facilidade.

e ela é tão gostosa que nem coloco leite condensado, mas se pra você a vida não tem limites, se joga e seja feliz <3

ps: aqui fizemos numa panela antiaderente e panela fica limpinha, já que a calda fica toda na pipoca. as pipocas demoram um pouco para começar a estourar, mas depois é bem rapidinho.

caldo verde de batata baroa

essa será a última receita de caldo verde que vocês verão nesse blog! simplesmente não tem como ficar melhor e essa será a receita oficial da família a partir de agora! e o melhor é que é tão simples, tão rápida que tenho certeza que muitas noites frias terão essa delicinha daqui pra frente.

e vamos combinar? que combinação de cores linda <3 esse amarelão com o verde da couve faz você ter vontade de comer só de olhar, sério, tô realmente apaixonada.

caldo verde de batata baroa (2)

e eu sempre achei que caldo verde era mega difícil, deixava só minha mãe fazer, mas vê só como é super fácil!

você pode fazer uma versão vegetariana e cortar a linguiça. mas por aqui rolou, até pra dar um gostinho.

comece cortando 4 linguiças calabresas e levando para refogar junto com 5 dentes de alho amassadinhos e 1 cebola média cortada em pedaços bem pequenos. quando a linguiça estiver bem fritinha, retire da panela e reserve. na mesma panela (sem lavar mesmo, queremos aproveitar o gostinho que ficou), adicione 6 batatas baroas médias cortada em cubos e cubra com água. deixe cozinhar até ficar desmanchando.

por aqui eu bati com um mixer na panela mesmo, mas caso não tenha é só usar o liquidificador ;-) adicione a essa creme 2 maços de couve cortada em fatias bem finas e a linguiça. deixe ferver um pouco mais, acerte o sal. caso a sopa esteja muito grossa, adicione um pouco de água. na hora de servir um azeite e um pedacinho de pão vão fazer a felicidade ficar completa.

e aqui estou eu pensando que preciso comprar batata baroa pra fazer de novo, HOJE! <3