Categorias
Sopas e Caldos

caldo verde de mãe

uma das enormes vantagens de morar perto da minha mãe é que ela me mima com comidinhas… não só a mim, como também o rafa…e dia desses, com um friozinho gostoso, ela aparece na minha porta com uma super panela de caldo verde! como não amar? como não se deliciar?

o negócio é conseguir parar de comer essa delícia… esse caldo quentinho, regado com azeite e um pão fresquinho para acompanhar…

e eu que sempre achei que era um negócio super difícil me surpreendi e já tô querendo fazer assim que o friozinho voltar!

e vc vai fazer o seguinte (porções generosas para um batalhão, rs…): cozinhe 12 batatas médias e amasse-as. em uma panela grande, refogue 10 dentes de alho em um fio de azeite e quando estiver bem moreninho, adicione 1 cebola grande picadinha e quando ela estiver bem molinha, misture 3 linguiças calabresas (que na versão da mamis, estavam cortadas em cubos) e deixe as mesmas fritarem um tantinho… então, adicione o purê de batatas e aproximadamente 3 litros de água (você pode colocar um pouco menos e ir dosando a textura que você gosta). agora é deixar no fogo para reduzir e engrossar… quando o caldo já estiver bem grossinho, adicione 3 maços de couve cortados em tiras fininhas e deixe cozinhar por mais 15 minutinhos… finalize com um fio generoso de azeite do bom e nham, nham…

felicidade é isso, poder comer comidinha de mãe quando quiser!

Por Cami

A cami cuida de toda a curadoria de conteúdo, concepção de receitas, estratégia digital e do food styling do naminhapanela. E tem sempre uma receita de família para testar e trazer por aqui.

24 respostas em “caldo verde de mãe”

Own! Ter a mamãe pertinho é tudo. A minha mamis mora longe e ainda assim me mima e abençoa … Aproveite!!!
Só não vou fazer esse caldo verde hj porque vamos viajar… Hummmmm!!!

E EU QUE TENHO MINHA MÃE MORANDO COMIGO.TENHO Q ME SEGURAR PARA NÃO VIRAR UMA BOLA.É BOM DEMAIS.CADA COMIDINHA HUMMM!!!E ESSE CALDO COM CERTEZA ELA FARÁ.

Olha, vou testar essa receita, mas depois que aprendi o caminho da praticidade, nunca mais voltei, rs! Eu refogo a cebola e a linguiça, retiro, e na mesma panela coloco as batatas para cozinhar. O pulo do gato é que as deixo bem molinhas e BATO NO LIQUIDIFICADOR! Pronto, rs! Depois é só voltar o creme de batatas na panela, misturar a linguiça, uma cebolinha refogada e por último a couve… Amassar batatas no muque nunca foi meu forte (purê aqui em casa é um sacrifício, rsrsr)!

Mas tô doida pra testar a receita nova (e o namorido vai ter que amassar as batatinhas!!!)

Que BENÇÃO ainda poder receber mimo de mãe! A minha, já não me reconhece mais!! Mas a lembrança da minha infância é muito marcante em relação a isso: comidinha caseira e “muuuuuiiiiittttoooo” gostosa!!
Aproveite a cada momento que o Senhor permitir vc compartilhar esses mimos ao lado dela!

Grande abraço!

Olá, Morar perto de mãe é mesmo uma bênção. Não tem comida melhor do que a de mãe, não é mesmo.Sempre fica uma maravilha.

Um abraço,
Andreia

Cami fica a dica da minha mamãe… Quando for cozinhar as batatas, coloque junto cebola cortada em rodelas. Depois de tudo cozido ela põe no processador. Fica bem delícia.
Bjinhos!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sair da versão mobile