molho bolonhesa clássico

Há tempos estava atrás de uma receita de molho bolonhesa clássico, daqueles que pudessem me lembrar de uma das melhores refeições que comi na vida, em um restaurante cheio de locais em Florença! Definitivamente foi a melhor massa a bolonhesa que eu comi em todos os tempos, e com certeza foi pelo fato de parecer comida de casa, de mãe. 

Viajar por aí me trouxe uma certeza, comidas com alma, com gosto de comida caseira são as que mais aquecem a alma! O simples, muitas e muitas vezes, é a melhor opção e se você pensar bem, isso se aplica na vida como um todo! Conseguir enxergar beleza (e sabor) na simplicidade é algo que acredito que precisamos treinar para não esquecer!

Essa receita não tem nada de gourmet, nem fit, muito pelo contrário, ela tem um Q de comida retrô, cheia de ingredientes que tiram um pouco da simplicidade dela, mas recompensa com cheirinho bom invadindo a casa e sabor inesquecível!

Passei alguns dias olhando várias receitas italianas até chegar na minha versão. Então, confiem! Eu também estranhei alguns ingredientes logo de cara, mas vai por mim, o resultado é incrível!

Anota aí!

Em uma panela grande, comece refogando a 1 cebola grande, 1/2 xícara de aipo e 1 xícara de cenoura, todos cortados em cubos pequenos, junto com 2 colheres de sopa de azeite e 100g de manteiga, até começar a dourar levemente. Adicione então a 1 kg de carne moída e 50g de bacon (moído ou em pedaços beeemm pequeninos), abafe com a tampa e deixe a carne cozinhar bem.

Quando a carne estiver bem cozida, solte com a ajuda de um garfo (super dica) e adicione 340g de extrato de tomate (daquele bem concentrado), 2 xícaras de vinho tinto, 1 xícara de leite integral (isso mesmo!!!)  e acerte os temperos (sal, pimenta do reino e noz-moscada a gosto). Agora é deixar cozinhar em fogo baixo e mexendo de vez em quando, até o molho bem até ficar encorpado.

Para deixar ainda mais perfeito, que tal uma massa caseira??

E ó, esse molho rende super bem viu? Por aqui fiz para um almoço de família e ainda sobrou, então 1/2 receita já pode ser mais do que suficiente para um jantarzinho a dois <3

Essa receita faz parte do nosso novo e-book “Na nossa panela”, clique aqui e baixe gratuitamente!


Olha isso aqui...