Parafuso com pesto de espinafre e brócolis

Quem acompanha esse blog há algum tempo sabe que moramos em Recife por alguns anos. Lá conheci tanta gente querida, vivi coisas maravilhosas, construi uma nova vida! Mas dizem que a nossa verdadeira casa é onde nosso coração está. E meu coração estava no RJ com meus pais e irmã. 

Muita gente pode achar normal, mas eu dou tanto valor a almoços de domingos com minha família, a poder jantar comidinha de mãe no meio da semana, a poder comemorar aniversários com eles e principalmente adoro cozinhar para essas pessoas que tanto amo! Com eles, tudo ficou mais completo!

E quando vi a nova campanha da Vitarella deu vontade de celebrar o fato de estamos juntos!Mas deu saudade também das famílias do coração que deixei em Recife e dos amigos que por causa da correria nem sempre conseguimos ver.

E quando escolhi a receita pensei em agradar um pouquinho cada pessoinha. Meu pai e minha irmã amam massas, mas a mamis gosta sem muito molho e o rafa adora uma comida verdinha!

E eu amo pesto! Mas não sou tão fã de manjericão (podem me julgar, rs…)! mas aqui em casa volta e meia eu fazia esse pesto de espinafre com brócolis porque acho ele prático e mega gostoso! Mas sei lá porque nunca tinha trazido ele aqui pro bloguito!

E ele casava perfeitamente no que eu queria, então chegou o dia dele e vou dizer: a receita rende super bem e pode ser mais fácil do que se imagina ;-)

pesto espinafre e brócolis3

No liquidificador ou com um mixer processe 200g de espinafre picado (eu uso o congelado para facilitar a minha vida e fica perfeito), 150g de brócolis japonês já cozido (aquele que tem forma de arvorezinha), 1 colher de sopa de castanha de cajú, 50g de queijo parmesão e 1 xíc. de azeite. se o creme ficar muito grosso, você pode ir adicionando mais azeite até o ponto que você achar ideal.

E eu adoro pesto com massas curtas, por isso escolhemos o Parafuso da Vitarella, que além de leve e delicioso, ainda iria incorporar super bem o nosso molho.

Molho pronto, é hora de cozinhar a massa. e a super dica é deixar um pouquinho da água do cozimento na hora de escorrer, assim você vai adicionar o pesto e vai grudar beemmm na massa.

Para finalizar, ainda refogamos bem rapidinho em um pouquinho de azeite e alho, uns tomatinhos que quebraram a monotonia do verde!

E sabe o mais legal? Se você guardar bem tampadinho o pesto ainda dura uns 5 dias na geladeira!

 

artigo-patrocinado-300x54


Olha isso aqui...