Categorias
Acompanhamentos

arroz (requentado) crocante

aqui em casa rola briga quando a comida não tem arroz, saladinha+um grelhado até rola de vez em quando, mas o rafa se sente feliz mesmo se incluirmos o arroz nessa mistura e em qualquer outra, rs…então, volta e meia sobra um tantinho que muitas vezes é esquentado no microondas e ponto. mas queria fazer diferente dessa vez e assim fui misturando e saiu esse arroz criativamente crocante.

e vou logo avisando, acho que fica com arroz dormido, rs… mas se você quiser fazer com arroz fresquinho, faz ele um tempinho antes, antes ele não fica papado. e outra coisa, juro que o recheio que vou dizer esta aí nessa foto, mas ficaram tão escondidinhos e prometo que fui bem generosa, rs…

então foi o seguinte, refoguei 1 talo pequeno de alho poró cortado em rodelas finas junto com 1 colher de sopa de manteiga até o alho ficar bem macio.  então, adicione 200g de peito de perú cortado em fatias e 2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado. adicionei 3 xíc. de arroz já cozido porque era o que tinha na geladeira e 1/4 de xíc. de água para o arroz ficar com jeito de fresquinho. eu ia colocar umas cebolinhas picadas, mas esqueci, mas acho que ficaria perfeito. na hora de servir, adicione batata palha à gosto e misture bem (mas tem que ser na hora de servir para as batatas não ficarem molengas).

e ficou tão gostosinho! e o melhor, ainda reaproveitou um arroz que estava fadado a ser sem graça, rs… e claro, você pode fazer algumas substituições, afinal, usar a criatividade com o que a gente tem na geladeira é além de bacana e econômico, super divertido né?

obs: não usei sal porque o arroz já estava temperado e o queijo parmesão também era salgadinho.

Por Cami

A cami cuida de toda a curadoria de conteúdo, concepção de receitas, estratégia digital e do food styling do naminhapanela. E tem sempre uma receita de família para testar e trazer por aqui.

8 respostas em “arroz (requentado) crocante”

Como boa descendente de japa, estou com o Rafa.
Abro mão de pães, mas arroz dói o coração ficar sem comer.
Vale a versão tradicional e as varias variações dos orientais como macarrão, bolinho etc

adoro o blog, não o abandonem!!

vcs são minha inspiração na cozinha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.