risoto de palmito e parmesão

sim, eu admito, achava que essa coisa de fazer risoto com arroz arbóreo era frescurite culinária! além disso, achava esse ingrediente caro, quando comparado ao arroz branco e até mesmo ao arroz integral… mas descobri que não, não era frescura e sim, é um pouco mais caro, mas procurando você consegue encontrar por preços menos salgados… e também, de vez em quando pode né?

e gente, como esse negócio rende!! por isso vale a pena… compra 1k de arroz arbóreo e deixa ele ali para um jantarzinho especial pra aquela pessoa especial… até porque, risoto é comfort food total, ou seja, é amor…

bora pra cozinha?

você vai começar refogando 1 cebola pequena cortada em cubos em 1 colher de sopa de manteiga. quando a cebola estiver bem macia, você vai adicionar 1 xíc. e meia de arroz arbóreo e, em fogo baixo, vai deixar o arroz “fritar” um pouquinho… aí é adicionar 1/2 xíc. de vinho branco, deixar ferver um pouquinho e colocar 1 xíc. de caldo de legumes*… aí pessoal uma pausa… a probabilidade de você usar só isso de líquido é mínima, rs… mas eu prefiro ir colocando aos pouquinhos para ele ficar no ponto certo, por isso eu faço assim… quando a água começa a secar e percebo que o arroz ainda não está no ponto, vou completando com um tantinho de água… quando o arroz estiver macio é hora de colocar 150g de palmito cortadinho, 100g de queijo parmesão ralado (do bom mesmo e sem ser de saquinho) e para finalizar 1 colher de sopa generosa de manteiga (dica que uma leitora me deu aqui no blog!).

de verdade? isso aí fica bom purinho assim, não precisa de nada para acompanhar não, rs… mas nesse dia, ele foi acompanhado desse contra filé apimentado e teve alguém, rafael, que comeu e repetiu com um sorriso no rosto!

*me desculpem os politicamente corretos (e que estão certíssimos), mas esse caldo de legumes aí foi feito dissolvendo aquele caldo de legumes no potinho em um tanto de água bem quente… em legítima defesa, informo que depois do blog, esse ingrediente quase não aparece nos meus preparos, mas é que de vez em quando fica tão gostosinho, não fica não?

minha panelinha lindinha, foi a que ganhei lá no passeio a Ilha de Caras… e como são fofas, fico até com ciúmes de tira-las das caixinhas… (não entendeu o que eu tô falando? clica aqui, rs…


Olha isso aqui...