fbpx

comidinhas de natal pelo mundo

A coluna de hoje é natalina. Sou suspeita para falar, pois adoro a data, adoro a época e, principalmente, adoro a comilança que só o fim de ano proporciona. É um tal de: “Janeiro a gente começa a dieta mesmo, então vamos enfiar o pé na jaca nesses 30 dias que tá tudo certo. Tá perdoado.” Quem nunca?

O fato é que o Natal pode até não ser comemorado do mesmo jeito ao redor do mundo, mas é certo que nesse dia, em todas as casas vai sempre ter uma comidinha diferente e especial para servir à família e amigos. Fiz uma pesquisa rápida para dividir com vocês o que as pessoas cozinham em suas casas mundo a fora nessa época do ano. Mas antes, deixo claro aqui que essa coluna é fruto de uma pesquisa superficial e que eu não conheço a fundo nenhuma tradição natalina fora a nossa. Por mais viajada que eu seja, no Natal eu sempre volto para o ninho (Recife) e fico com meus pais. Portanto, relevem alguma informação que por ventura esteja equivocada e compartilhem outros natais por aqui!

foto do blog: http://sweetsensation-monchi.blogspot.com

Começo pelo país do meu coração, a Alemanha. Escolhi o Stollen , que se assemelha muito com o nosso panetone, por ser feito de uvas passas, frutas cristalizadas e amêndoas. Hoje em dia é comum achar receitas mais estilizadas, com recheios e coberturas diversas. Os alemães fazem esse bolo/pão o mês inteiro e ainda dão de presente. Aliás, morro de vontade de conhecer o famoso Natal alemão, com neve, mercados natalinos e tudo o que se tem direito.

Da Alemanha vamos para o México, onde são preparados os Romeritos prato típico da cozinha mexicana, feito principalmente nessa época natalina. Comida é feita à base de romeritos, planta sagrada do México, amêndoas, camarões secos, batatas e pimentas, servida com pães. Durante a pesquisa, encontrei versões que levavam ovos e chocolates. Um mix de sabores, parece ser muito interessante!

foto do blog http://junglefrog-cooking.com

Agora a gente pega um avião partindo do México com destino à Nova Zelândia e o que encontramos por lá? A Pavlova. O doce tem esse nome por causa de uma homenagem à dançarina russa Anna Pavlova e foi inventado depois de uma visita da bailarina à Austrália e à Nova Zelândia. Hoje, a sobremesa é bem tradicional nesses dois países da Oceania e muito servida nas festas de fim de ano. Além de ser linda, né? Um merengão coberto com morangos, romãs, frutas vermelhas, pêssego… e o que mais a imaginação mandar. Já tá dando fome a essa altura do campeonato, ops, da coluna!

foto do blog http://www.flagrantedelicia.com/

Nossa próxima parada é Portugal e o seu famoso Bolo-Rei cheio de simbologia, o bolo português leva frutas cristalizadas, uvas passas, nozes, amêndoas, uma fava e um presente. Uma fava e um presente? Isso mesmo! Quem pegar a fava na sua fatia terá sorte no ano e quem pegar o presente (um rei ou uma rainha de louça) terá riqueza pela frente. Lindo, né?

Chegando nos Estados Unidos a gente se depara com os Christmas Cookies largamente difundido, a tradição dos biscoitinhos natalinos americanos já chegou aqui no Brasil e não carece de muitas explicações. Só sei que é uma delícia receber de presente um pacotinho cheio de biscoitinhos lindamente decorados. Como Cami mesmo diz: “dar e ganhar biscoitinhos é carinho demais!”.

Sei que, além das tradições de cada país, cada família tem a sua própria tradição e o prato que não pode faltar na mesa. Na casa da minha mãe não pode faltar um pão recheado MA-RA-VI-LHO-SO que ela faz. E na cada de vocês, o que não pode faltar no fim de ano?

Aproveito para deixar os votos de um Feliz Natal e um 2012 de muitas conquistas!

Continuem acompanhando a “Comidinhas do Mundo”, pois o ano que vem promete ser cheio de novos sabores e curiosidades.

Dicas, críticas ou sugestões: rapha@raphanomundo.com

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + dezoito =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 Comments
  • MAGALI GONÇALVES
    dezembro 25, 2011

    Que maravilha!

    • cami
      janeiro 24, 2012

      rapha arrasou né?

  • Fabi
    dezembro 26, 2011

    Oláa…lembra de mim, qdo falei que moro em Madrid e sou casada com um espanhol?! Pois, então…aqui não tem nada a ver com nossas tradições brasileiras. Eles fazem camarões “frescos”, que na verdade são “crus” com muitos molhos. O famoso jamom daqui, queijos, patês com geleia, salada tipica tb! Enfim….senti falta do peru, do arroz e da farofa!

    Feliz Natal!

    • cami
      janeiro 24, 2012

      ô fabi, mas não fica gostoso não??? e não dá para inserir umas novas tradições por aí não? rs…

Anterior
o meu cardápio de final de ano