pão francês

quem consegue resistir a um pão francês quentinho e crocante? eu mesmo morro quando me deparo com um e admito que como puro, sem nadica, muito menos pena, rs…e você sabia que esse pãozinho de francês não tem quase nada?

 

pois é! conta a história (ou o wykipedia) que este pão surgiu na época da primeira guerra mundial quando os ricos e fofos que voltavam da europa, descreviam um pãozinho que comiam na frança e pediam a seus cozinheiros que testassem receitas até encontrar o pão perfeito. e assim, o pão de casca e miolo escuros foi substituído pelo nosso pão francês de todo dia! e o mais legal é descobrir os nomes super diferentes que eles ganham em cada região desse país a fora…

quando os nossos estavam no forno, eu juro que cheguei a pensar que não daria certo, mas não só deu como ficou delicioso e com aquele cheirinho do pão que a gente compra na padaria…

comece fazendo uma esponja, ou seja, vamos acordar o fermento! o rafa fez assim: ele misturou bem 1 xíc. e meia de água morna com 1 xíc. de farinha e 2 colheres de chá de fermento biológico. deixou então descansando por uns 10 min, até ela crescer bem… adicionou esta mistura à mais 2 xíc. e meia de farinha e 1 colher de chá rasa de sal. aí amigos é força no muque. quando formar uma massa homogênea é hora de se exercitar e sovar bem a massa por aproximadamente 5 min. quando a massa estiver levemente mais clara, forme uma bola grande com um corte no meio (para deixar a massa respirar), coloque um um recipiente levemente untado com azeite e deixe crescer por 1h e meia (importante: o ideal é sempre deixar sua massa crescer longe de correntes de vento, dentro do forno é um ótimo local). depois desse tempo, dê uma leve amassada na massa e deixe a mesma crescer por mais 30 min. depois desse tempo, separe sua massa em porções (por aqui renderam 6 bolinhas) e faça o formato que você desejar*. organize seus pães no tabuleiro que irá assar, que deve estar untado com um pouco de azeite e farinha, deixando um bom espaço entre eles. deixe descansar então por mais 45 min. pãezinhos crescidos? chega, finalmente a hora de assar! pré aqueça o forno e deixe o mesmo em temperatura média para baixa. coloque então seus pãezinhos no forno borrifando bastante água em todas as laterais do seu forno. agora é deixar por uns 30 a 40 min e devorar…

* algumas informações importantes: como o pão francês da padaria, este também ficará com a casquinha bem crocante e o miolo macio, mas a casquinha deste ficará mais grossa… segundo nossa personal chef Miau Caldas, um tipo de forno chamado forno combinado (algo tipo isso) é o ideal para esse tipo de pão… e como não tenho um desses por aqui, ficamos felizes com o resultado. outro detalhe, é que esse formato bolinha fica ótimo, mas chegamos a conclusão que a próxima receita será reproduzida com o formato padrão, enroladinho, assim ele fica um pouco menos massudo no meio…

manteiguinha derretendo nesse pão quentinho e nada mais! isso é bom demais!

 


Olha isso aqui...