Categorias
Molhos

molho béchamel

durante anos evitei o béchamel, não conseguia entender essa técnica de primeiro fritar a farinha para depois colocar o leite. isso pra mim sempre remetia a molho empelotado, mas eu tomei coragem e comecei a me arriscar, hj em dia conseguimos ter uma relação amigável, rs…

Alguns dizem q esse molho tem origem francesa, outros dizem ser italiana. Em séculos passados era considerado peça chave para muitas receitas mas tbm já teve épocas em que foi renegado por utilizar a farinha para ser engrossado. Polêmicas à parte, uma coisa é certa, ele é super prático e funciona super bem puro ou como base para outros molhos.

Como já li em alguns lugares que esse tal é receita obrigatória para qualquer cozinheiro que se preze decidi dividir como se faz com vocês… por mais que eu ainda ache que não saber fazer béchamel não é nenhum crime naum, rs…

numa panela você vai derreter 2 colheres de sopa bem cheias de manteiga, e vai adicionar 4 colheres de sopa de farinha de trigo e em fogo baixo vai mexer, sem parar, até que fique com um aspecto parecido com uma massinha. agora você vai adicionar 1 xícara de leite em temperatura ambiente – aos pouquinhos para que a farinha possa desolver sem empelotar. tempere com sal e noz moscada à gosto. agora é deixar ferver um pouquinho até ele ficar com a textura de um creme.

aí você vai fazer e falar: poxa empelotou, e eu te digo: lindinhos dá uma batida com o mixer e volte pro fogo, rs… é pessoas, isso já aconteceu comigo e no momento do desespero decidi que não ia jogar uma panela de molho no lixo. o inventor do tal deve estar se revirando no túmulo nesse exato minuto, mas digo pro seu moço: querido pra tudo se dá um jeitinho!!!

ah e se vc achar ele basicão assim meio sem gracinha faça como eu e adicione uma cebolinha, um queijinho, uma pimenta do reino ou o que a sua imaginação mandar!!!

 

Por Cami

A cami cuida de toda a curadoria de conteúdo, concepção de receitas, estratégia digital e do food styling do naminhapanela. E tem sempre uma receita de família para testar e trazer por aqui.

17 respostas em “molho béchamel”

Relaxa Cami, seu blog é uma delícia e costumo partir do princípio que a gente deve fazer as coisas com mais prazer do que obrigação sempre que possível, porque quando essa ordem é invertida as coisas abandonam sua razão de ser, especialmente quando se trata dessa terapia-virtual-coletiva-delícia que é um blog. Bjo grande.

Pat,
pois é por isso q ele continua aqui firme e forte, pq chego aqui e vejo essas palavras lindas de todos vocês e percebo q esse carinho é essencial!
Isabella,
pô roubar a vontade!!!
Ani,
O q me deixa mais feliz é saber q vcs gostam, de verdade! adimito q eu tbm coloco uma cebolinha e pimenta moída na hora, rs…
Silvia,
é? tô famosa assim e nem sei??? que bom q vc gostou da minha panela, rs… fico mega feliz!!!
Fabi,
menina q chique culinarista… se eu fizer alguma coisa errada pode puxar minha orelha :-P essa carne deve ficar tudo hein, deu até vontade…
Laís,
Se é pra felicidade geral da nação diga ao povo q fico, rs…. brincadeirinha, não consigo me desfazer disso aqui naum, vcs melhoram meu dia… e quero ver fotos das suas comidinhas hein??? suas palavras me fizeram ter certeza que é mais fácil eu largar o trabalho do largar isso aqui :-P
Katiana,
e eu adorei conhecer a madame exêntrica!!! Nosso papo foi ótimo!!! E adorei a dica do queijo coalho, deve ficar bom demais!!!
Manu,
vou dar uma olhadinha!!!;-)
Miau,
me conta essa história desses molhos aí vai…

É Cami, como disse a Patricia, relaxa. Esse espaço é uma delícia e tb faz bem pra gente.
Olha, pra o meu molho branco coloco um pouquinho de alho e cebola refogadinhos na manteiga antes da farinha, no fim uma pimentinha do reino, fica delícia! Cada tem que adaptar as receitas ao seu gosto.
Bjin

Nossa! Esse é molho é dez!
Serve pra muita coisa!!!
Na escola onde trabalho como culinarista usamos para colocar na carne cozida e desfiada…..fica uma delícia e todo mundo ama!!!
Já em casa derreto mussarela junto e coloco no macarrão!!!
Parabéns!!
Beijinho

Ah, Cami num sacrifica ele não!!
Sempre, do tipo todo dia MESMO, eu dou uma passadinha por aqui pra pegar inspiração mesmo que não seja, de fato, gastronômica (leia-se receitinhas ótimas), passo aqui pra pegar inspiração em vc, no Rafa, no seu modo de escrever, na sua maneira de cozinhar, enfim, preciso dizer que a minha cozinha se tornou bem mais movimentada depois que conheci o ‘Na Minha Panela’.
Acho que todos os seus leitores, ou ao menos eu, entendo que nem sempre os prazeres (sejam eles fazer um post lindo ou jantar fora) são diários, mas talvez o simples fato de ser mais esporádico torne-o também mais especial.

Beijooos enoormes da sua realizadora de quase todas as receitas.

Camila,

A-D-O-R-E-I conhecer vc na coletiva da Dolce Gusto.É sempre muito ver o rostinho das pessoas que estão do outro lado da tela temperando nossas vidas e deixando o dia com muito mais sabor.

Por isso,nada de abandonar seu cantinho que tenho certeza foi criado com muito carinho.

Como disse hj pela manhã sou mega viciada no seu blog.E o que será da minha vida sem ele?kkkkkkkkkk

E graças as blogueiras que o mundo na blogosfera é bem mais…Tá nem sempre as assessorias de imprensa nos respeitam ….Mas isso é assunto para um outro post

Beijossss e sucesso sempre

Huummmm rsrr Sim, essa mistura de manteiga+farinha de trigo se chama Roux. Ela serve para engrossar molhos,caldos…. Sem o risco de empelotar ou deixar com gosto de farinha ou amido de milho. Tem o Roux blanc, Roux blond e o Roux brun. Cada um com uma cor e um uso especifico.
:)
Bjoos!

Olá!
Inspirada em seu post, fiz o almoço de domingo regado ao molho béchamel e foi um sucesso!!! Delícia!!! Tudo de última hora, veio o post na minha cabeça, lembrei da receita, acrescentei mais alguns pitacos meus e ficou mara! AH: foi batata com queijo, orégano e etc etc etc… Foi no improviso rs
Beijos

Olá,
uma dica para o molho nao empelotar é usar o leite gelado. Quando o roux for quente vc usa o leite gelado e vice versa.
Outra dica é fever o leite antes com uma cebola piquê (espetar a cebola com cravos da india e uma folha de louro) isso vai da um gostinho bem especial ao molho.
Adoro seu blog, acho as receitas simples e sofisticadas. Parabéns!

Estou adorando o seu blog. Muitas dicas bacanas e já copiei várias receitinhas…
Sobre o bechamel, ele é uma variação do molho branco (blanc) tradicional, mas é aromatizado com ervas e/ou especiarias, uma dica para que o aroma escolhido fique bem destacado é adicionar as ervas/especiarias em um infusor de chá e submergi-las no leite, levando em seguida o leite à fervura.
Experimenta adicionar o leite fervendo ao roux com a panela fora do fogo, assim vc não tem pressa e pode ir dissolvendo o roux com calma… Eu prefiro proporções iguais de manteiga e farinha, uso sempre o mesmo peso. Abraço!

Para quem precisa fugir do glútem fica a dica: o bechamel, ou neste caso chamaríamos somente de molho branco, pode ser feito com farinha de arroz e temperos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sair da versão mobile