Categorias
Acompanhamentos Risotos

risoto de espinafre com batata no forno

e na minha geladeira tinha um lindo maço de espinafre, daqueles que clamam por uma receita gostosa para se deliciar enquanto a hora passa sem vc sentir… e por mais glamouroso que pareça, o meu risoto foi falsificado, isso mesmo, nada de arroz arbório! oh mas nem por isso deixou de ficar muito bom, tá???

pois é… nada de arroz arbório, então optei pelo arroz parbolizado. Admito não gostar muito dele para o dia a dia, mas ele é ótimo para receitas em que vai rolar um molhinho para o arroz e ele precisa continuar soltinho…

sem mais blá, blá, blá, ae vai a receita: usei 1 xícara de arroz que refoguei com um pouquinho de azeite e sal e cozinhei até ele ficar no ponto mais durinho, bem firme. deixei esfriar fora da geladeira. Em uma panela maior do que a do arroz, refoguei 1 cebola grande em 1 colher de manteiga até que elas ficassem transparentes, e então joguei as 1 maço de de espinafre picadas grosseiramente e abafei até que elas diminuam (e muito) de tamanho… Misture o arroz na manteiga e adicionei o leite até que ele cobrisse todo o arroz. Deixei ferver em fogo baixo por uns 5 min e então adicionei 200 ml creme de leite e 100g de  queijo parmesão… vá misturando até que ele fique com um creme bem grossinho, mas não deixe ficar seco, porque quando esfriar um pouquinho vai ficar uma maçaroca…

para acompanhar inventei essa batatinha, q achei tão chique hahahahaha… cortei as batatas em fatias finas, fui espetando em um palitinho, reguei com bastante manteiga misturada com um queijo parmesão ralado e levei ao forno médio até as batatas ficarem macias, porém não desmachando, ok?

agora é montar um prato lindão e garantir um jantarzinho romântico sem  dificuldade…

Por Cami

A cami cuida de toda a curadoria de conteúdo, concepção de receitas, estratégia digital e do food styling do naminhapanela. E tem sempre uma receita de família para testar e trazer por aqui.

Ver arquivo

10 respostas em “risoto de espinafre com batata no forno”

Oi :D adorei esse site e adorei essas batatas. Fiz hoje no jantar e foi aprovado, mas olha só..não molhei o palito não sabia disso :D valeu Anna!

Também gosto de fazer as batatas assim oh:http://debubuianabubuia.wordpress.com/2010/09/07/almoco-e-sobremesa-de-feriado/

Foi a primeira vez que fiz com frango, mas costumo fazer com um bife bem temperado. Fica uma delícia, já incremente a refeição :D

Um beijo e adoro esse espaço aqui.

Mari

Mari,
A batata ficou com um cara boa… vou testar qualquer dia desses!
Essa história de molhar o palito tbm não conhecia não!! Anna salvou a beleza dos nossos pratos :-)

Depois tem que dizer se gostou ou não. =D Deverias inventar uma receita com ela. hehehehe

E temos um nome afetivo porque quando eu morava em Santa Cruz do Capibaribe quando criança íamos muito ao AABB, e o cara que fazia as comidas da lanchonete se chamava quinha. Tinha um prato lá de bife acho, que sempre vinha com essas batatas, então quando vamos fazer hoje dizemos: “vou fazer as batatas de quinha”. :P

bjs =D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.